Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio

Pêra-Manca Tinto 2015

Lançamento

Por:
R$ 4.300,00

ou 3x de R$ 1.433,33 Sem juros
R$ 4.085,00 à vista com desconto
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Calcular frete:
Descrição Geral

Citado em crônicas do século XVI, o Pêra-Manca foi o vinho eleito para selar o encontro entre Pedro Álvares Cabral e os Indígenas, na sua chegada ao Brasil em 1500. A sua história remonta à Idade Média e o seu nome inspira-se no terreno onde estavam localizados os vinhedos que davam origem ao vinho, um barranco com pedras soltas. Dizia-se, na época, que as pedras balançavam, mancavam e, por isso, eram "pedras mancas". Hoje, o Pêra-Manca é o vinho de exceção da Adega Cartuxa - Fundação Eugénio de Almeida, tendo sido elaborado pela primeira vez em 1990. 

Este vinho é produzido unicamente quando todos os requisitos de excepcional qualidade se cumprem. Suas uvas são provenientes de talhões selecionados nas vinhas da Adega Cartuxa com mais de 35 anos, onde ocorre a maturação suavemente, sem o strees hídrico exagerado, mantendo as potencialidades aromáticas das castas. Ao atingirem o estado de maturação ideal, as uvas são colhidas e transportadas para a adega, onde inicia-se o processo tecnológico, com desengace total e ligeiro esmagamento. A sua fermentação ocorre em balseiros de carvalho francês, com leveduras indígenas e temperatura controlada, seguida de uma maceração pós-fermentativa prolongada. 

Por fim, seu estágio transcorre por um período de 18 meses em tonéis de carvalho francês, com posterior estágio de 48 meses em garrafa nas caves do Mosteiro da Cartuxa. Este emblemático vinho teve uma produção de apenas 44 mil garrafas.

"O Pêra-Manca Tinto 2015, pela sua concentração em taninos, cumpriu um estágio em garrafa um pouco superior ao habitual, de forma que, neste momento, apresenta-se num ponto de evolução que permite, desde já, mostrar o seu elevado potencial, deixando para os anos que se seguem a possibilidade de acompanhar um infindável conjunto de nuances que só os grandes vinhos possibilitam", - Pedro Baptista, Diretor Vitivinícola da Fundação Eugénio de Almeida e Enólogo da Adega Cartuxa.

Prova
Este vinho de cor granada possui um aroma intenso e complexo, com notas de ameixa seca e morangos maduros. Revela ainda notas balsâmicas e especiadas, assim como alcaçuz, esteva e folha de tabaco. Na boca, impressiona pelo forte frescor, sendo elegante e muito concentrado.

Estilo do vinho: Tinto encorpado e estruturado
Harmonização: Carnes brancas.

País: Portugal
Região: Alentejo
Tipo: Tinto
Uva: Trincadeira e Aragonez
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Volume: 750ml
Graduação alcoólica: 14,5%

Formas de Pagamento
Ficha técnica
Código 3243
Código de barras 5602720054131
Categoria Portugal

Produtos visitados